2013

O “NOVO” DISPOSITIVO DA SUSTENTABILIDADE (Edson Antunes Quaresma Júnior; Elisa Yoshie Ichikawa)

A ANT VAI A CAMPO: TEORIA ATOR REDE, CRÍTICA E A CONTRIBUIÇÃO DE JOHN LAW (Maria Fernanda Rios Cavalcanti; Rafael Alcadipani)

TEORIAS DO DESENVOLVIMENTO: UM OLHAR A PARTIR DE DAVID HARVEY (Betina Beltrame; Felipe Rigon Dorneles; Denize Grzybovski)

BACHARELADO INTERDISCIPLINAR EM CIÊNCIA E ECONOMIA: os dilemas da identidade profissional dos docentes universitários (Beatriz Gaydeczka; Aline Lourenço de Oliveira)

ANÁLISE EPISTEMOLÓGICA DA AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL DA EDUCAÇÃO SUPERIOR BRSILEIRA: REFLEXÕES SOBRE A TRANSPOSIÇÃO DE PARADIGMAS (Thiago Henrique Almino Francisco; Pedro Antônio de Melo; Marina Keiko Nakayama; Fabiano Pires de Oliveira)

A AGÊNCIA DOS NÃO-HUMANOS A PARTIR DA TEORIA ATOR-REDE: CONTRIBUIÇÕES PARA AS PESQUISAS EM ADMINISTRAÇÃO (Patrícia Kinast De Camillis; Camilla Zanon Bussular; Claudia Simone Antonello)

ANÁLISE EPISTEMOLÓGICA SOBRE CAPITAL SOCIAL: AS ABORDAGENS DE BOURDIEU, FUKUYAMA E GHOSHAL (Paulo Thiago Nunes Bezerra de Melo)

GUERREIRO RAMOS E AS IMBRICAÇÕES ENTRE A SOCIOLOGIA, O DESENVOLVIMENTO E O INDIVÍDUO (Manoel Fernandes Nery)

DESAFIO DO TRABALHO COLETIVO POR COOPERATIVA DE CATADORES.CASO: COOPERVIVA – Cooperativa de Trabalho dos Catadores de Material Reaproveitável de Rio Claro/SP (Valdemir dos Santos de Lima; João Sergio Cordeiro)

PARADIGMA DA AUTOGESTÃO NA AÇÃO DOS SUJEITOS RECICLADORES (Maria de Lourdes Borges; Robinson Henrique Scholz; Nathalia Amaral Pereira de Souza; Inge dos Santos Christmann)

REDES DE MOVIMENTOS SOCIAIS E ECONOMIA SOLIDÁRIA: UMA INTERAÇÃO PROMISSORA (Vanêssa P. Simon)

NEM SÓ DE DEBATES EPISTEMOLÓGICOS VIVE O PESQUISADOR EM ADMINISTRAÇÃO: ALGUNS APONTAMENTOS SOBRE DISPUTAS ENTRE PARADIGMAS E CAMPO CIENTÍFICO. (Milka Alves Correia Barbosa; Jouberte Maria Leandro Santos; Fátima Regina Ney Matos; Ana Márcia Almeida)

BREVE ENSAIO SOBRE TEORIAS POSITIVAS E NORMATIVAS NA CIÊNCIA DA ADMINISTRAÇÃO SOB À LUZ DA ABORDAGEM QUALITATIVA (Fátima Regina Ney Matos; Diego de Queiroz Machado; Milka Alves Correia Barbosa)

TEM RAZÃO A GESTÃO SOCIAL? (Fernando Guilherme Tenório)

MARKETING! ONDE ESTÁ O PARADIGMA? (Deosir Flávio Lobo de Castro Junior; Márcio Nakayama Miura; Elvis Silveira-Martins; Clarissa Ribeiro-Martins)

PENSAMENTO DE ILYA PRIGOGINE PARA ADMINISTRAÇÃO (Gabriel Santos Alberto; Onésimo de Oliveira Cardoso)

ESTRATÉGIAS GLOBAIS: EVOLUÇÃO DO CONCEITO DE INTERNACIONALIZAÇÃO AO FENÔMENO GLOBAL BORN, ABORDAGEM EPISTEMOLÓGICA E PERSPECTIVAS. (Lúcia de fátima Lúcio Gomes da Costa; Miguel Eduardo Moreno Añez)

EPISTEMOLOGIA HABERMASIANA, PESQUISA-AÇÃO E SOCIOANÁLISE: UMA PROPOSTA PARA OS ESTUDOS ORGANIZACIONAIS (Ana Paula Paes de Paula; Felipe Carabetti Gontijo)

OS FUNDAMENTOS CONCEITUAIS DO BALANCED SCORECARD: UMA ANÁLISE EPISTEMOLÓGICA DA ARGUMENTAÇÃO PROPOSTA POR ROBERT KAPLAN (Maurício Vasconcellos Leão Lyrio; Rogério João Lunkes; Sérgio Murilo Petri)

DE CHANLAT E MORIN AO INSTITUCIONALISMO ORGANIZACIONAL: DIVERSIDADE, AMBIGUIDADE E COMPLEXIDADE (Sérgio Luís Boeira; Alessandra Knoll Pereira; Ivan Luís Tonon)

REVELANDO A MEDIAÇÃO DA EMOÇÃO NA PRÁTICA SOCIAL: EM BUSCA DE UM ENTENDIMENTO DO DESENVOLVIMENTO HUMANO NA ORGANIZAÇÃOÀLUZ DA TEORIA DA ATIVIDADE (Liliane Canopf; Raquel Dorigan de Matos; Yára Lúcia Mazziotti Bulgacov; Denise de Camargo)

FINANÇAS CORPORATIVAS: SUA ORGANIZAÇÃO E BASE EPISTEMOLÓGICA (Luiz Henrique Debei Herling; Marcus Vinicius Andrade de Lima; Gilberto de Oliveira Moritz )

– MÃE!? O MUNDO VAI ACABAR? REFLEXÕES SOBRE DESDOBRAMENTOS E IMPLICAÇÕES DOS PARADIGMAS SOCIOLÓGICOS DE BURREL E MORGAN (1979) NAS PESQUISAS ORGANIZACIONAIS (Rogério Zanon da Silveira)

FILOSOFIA NA ADMINISTRAÇÃO: Abordagens clássicas da administração à luz do pensamento filosófico (Rodrigo Ábnner Gonçalves Menezes; Lorena Bezerra de Souza Matos)

AS POSSIBILIDADES EPISTEMOLÓGICAS PARA A AMPLIAÇÃO DA TEORIA DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA: O NOVO SERVIÇO PÚBLICO (Ana Claudia Donner Abreu; Angela Regina Heinzen Amin Helou; Francisco AntônioPereira Fialho)

UMA REFLEXÃO EPISTEMOLÓGICA SOBRE A FORMAÇÃO DO ADMINISTRADOR E A SUA CIÊNCIA (Fabrízio Meller; Claudio Aurélio Hernandes; Mauricio João Atamanczuk)

ESTUDOS ORGANIZACIONAIS E COMPLEXIDADE: PRIGOGINE, STACEY E MORIN (Sérgio Luís Boeira; Jorge Altair Pinto Stürmer; Ana Elise Cardoso Inácio)

RELAÇÃO ENTRE OBSERVADOR E REALIDADE NOS PARADIGMAS POSITIVISTA, INTERPRETATIVISTA E COMPLEXO: E AÍ JUIZ, FOI OU NÃO FOI PÊNALTI? (Diego Gonzales Chevarria; Fernando Cesar Russo Gomes)

REFLEXÕES PRELIMINARES SOBRE A CONSTITUIÇÃO DA ADMINISTRAÇÃO COMO CIÊNCIA (Betina Magalhães Bitencourt; Sidinei Rocha-de-Oliveira)

ORGANIZAÇÃO FAMILIAR ‘OTHERWISE’ (Alexandre Faria; Sergio Wanderley)

Forças, Fraquezas, Oportunidades e Ameaças no Campo do Planejamento Estratégico: considerações para migração de paradigma. (Tayso Silva; Maurício Fernandes Pereira; Luciana Santos Costa Vieira da Silva)

A CRIAÇÃO DO CONHECIMENTO ORGANIZACIONAL (Paulo Guedes)

UMA NOVA “FÓRMULA” PARA ATRIBUIR SENTIDO AO TRABALHO DE AUTORES IMPORTANTES AOS ESTUDOS ORGANIZACIONAIS (Edson Antunes Quaresma Júnior; Danilo de Melo Costa)

TEORIA DA AÇÃO COMUNICATIVA: REFLEXÕES SOBRE A CONTRIBUIÇÃO DE HABERMAS PARA A RESSIGNIFICAÇÃO DA GESTÃO (Lilian Bambirra de Assis; Ana Paula Paes de Paula)

AS HABILIDADES DE GESTÃO DOS COORDENADORES DE GRUPOS DE PESQUISA NO CAMPO DA ADMINISTRAÇÃO: Uma análise baseada na sociologia da ciência. (Tiago José Bini; Maurício Serva; Danilo Melo)