2015

EM DEFESA DA OPÇÃO DECOLONIAL EM ADMINISTRAÇÃO: RUMO À UMA CONCEPÇÃO DE AGENDA (Márcio M. Abdalla; Alexandre Faria)

OS ESPAÇOS DAS ETNOGRAFIAS E AS ETNOGRAFIAS DOS ESPAÇOS NOS ESTUDOS ORGANIZACIONAIS NO BRASIL (Marina Dantas de Figueiredo; Josiane Silva de Oliveira)

GESTÃO SOCIAL E GOVERNING THE COMMONS: A COOPERAÇÃO COMO ELO DE CONVERGÊNCIA (Juliana Rabelo Pereira; Eloisa Helena de Souza Cabral; José Roberto Pereira)

WITTGENSTEIN E BOURDIEU: O USO DA LINGUAGEM CONSTRUINDO SÍMBOLOS REPRESENTATIVOS DE PODER E SUA INFLUÊNCIA NA CULTURA ORGANIZACIONAL (Elizeu Barroso Alves; Samir Adamoglu de Oliveira)

OS PRESSUPOSTOS EPISTEMOLÓGICOS DO PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO: DO PRECURSOR AO SEU PRINCIPAL CRÍTICO (Dyogo Felype Neis; Maurício Fernandes Pereira)

LIMITAÇÕES EPISTEMOLÓGICAS DO ENSINO DE EMPREENDEDORISMO (André Luiz Kopelke)

A REGULAÇÃO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR COMO MECANISMO INDUTOR DE QUALIDADE: DESAFIOS E OPORTUNIDADES NO CONTEXTO BRASILEIRO (Thiago Henrique Almino Francisco; Marina Keiko Nakayama; Izabel Regina de Souza)

COMPREENSÃO EMPÁTICA E AS POSSÍVEIS CONTRIBUIÇÕES PARA A PESQUISA NOS ESTUDOS ORGANIZACIONAIS: REFLEXÕES A PARTIR DA ESTÉTICA (Luma Louise Sousa Lopes; Ana Silvia Rocha Ipiranga)

ESCOLAS TEÓRICAS DO PROCESSO DE INTERNACIONALIZAÇÃO: CONCEITO E EVOLUÇÃO TEÓRICA (Lúcia de Fátima Lúcio Gomes da Costa; Miguel Eduardo Moreno Añez; Anderson Luiz Rezende Mol; Thiago dos Santos Azevedo Damasceno)

POR UM OLHAR MULTIPARADIGMÁTICO À PRÁTICA DA SUSTENTABILIDADE EM CONTEXTO ORGANIZACIONAL: APROXIMANDO PRÁXIS E ORIENTAÇÕES EPISTEMOLÓGICAS (Luciano Munck; Bárbara Galleli; Hamilton Luiz Corrêa)

AGORA SOMOS TODOS RESPONSÁVEIS: O BALANÇO SOCIAL COMO PRÁTICA CALCULATIVA (Diego Gonzales Chevarria)

GLOBALIZAÇÃO, DESENVOLVIMENTO E O POTENCIAL ENDÓGENO DOS TERRITÓRIOS: O PAPEL DO ESTADO NA PROMOÇÃO E APOIO À INOVAÇÃO TECNOLÓGICA (Andréia de Alcântara Cerizza; Luís Antônio Paulino)

TRADIÇÃO DE PESQUISA EM CONTABILIDADE SOCIOAMBIENTAL (Marcello Angotti; Rosenery Loureiro Lourenço; Adolfo Henique Coutinho e Silva)

LA ECONOMÍA DE COMUNIÓN COMO MODELO DE EMPRENDIMIENTO SOCIAL (Álvaro Acuña; Pablo Isla Madariaga; Rodrigo Sion)

EMPRESAS DE INOVAÇÃO SOCIAL? UMA PROPOSTA PARA ESTUDA-LAS À LUZ DE VALORES RELATIVOS À COMPETIÇÃO ORGANIZACIONAL (Silvia Marcia Russi De Domenico)

Uma Cartografia das Controvérsias na Arena Pública da Corrupção Eleitoral no Brasil (Rubens Lima Moraes; Maria Carolina Andion; Josiani Lúcia Pinho)

FATORES COMPORTAMENTAIS DOS VOLUNTÁRIOS NAS ORGANIZAÇÕES DA SOCIEDADE CIVIL À LUZ DA SOCIOLOGIA PRAGMÁTICA (Tandara Dias Gonçalves; Denize Grzybovski; Anelise Rebelato Mozzato; Carlisa Smoktunowicz Toebe)

EM MEIO A SIMPLIFICAÇÃO E COMPLEXIDADE: A HETEROGENEIDADE DOS ATORES REDES COMO EPISTEMOLOGIA DE ANÁLISE NOS ESTUDOS ORGANIZACIONAIS (Verônica Macário de Oliveira; José de Arimatéia Dias Valadão)

SERENDIPIDADE E GROUNDED THEORY: UM DIÁLOGO POSSÍVEL NO CENÁRIO DE HAWTHORNE (Fátima Regina Ney Matos; Maria Manuel Rocha Teixeira Batista; Rafael Fernandes de Mesquita; Diego de Queiroz Machado)

REDUÇÃO SOCIOLÓGICA DO CONCEITO DE EFICIÊNCIA: UMA RESSIGNIFICAÇÃO PARA A GESTÃO PÚBLICA (Clenia De Mattia)

O CONSTRUCTO “LIDERANÇA HUMANIZADA” NA PERSPECTIVA DA GESTÃO HUMANA DE PESSOAS: UMA REFLEXÃO TEÓRICA A PARTIR DOS ESCRITOS DE OMAR AKTOUF (Juliana Karine Dalla Vechia; Anelise Rebelato Mozzato)

ADMINISTRAÇÃO POLÍTICA E POLÍTICAS PÚBLICAS: EM BUSCA DE UMA NOVA ABORDAGEM TEÓRICO-METODOLÓGICA PARA A (RE)INTERPRETAÇÃO DAS RELAÇÕES SOCIAIS DE PRODUÇÃO, CIRCULAÇÃO E DISTRIBUIÇÃO (Reginaldo Souza Santos; Elizabeth Matos Ribeiro; Monica Matos Ribeiro; Fabiane Louise Bitencourt Pinto)

Sujeito-racional ou sujeito-descentrado? A Problemática do Sujeito na Modernidade e Sua Apropriação nos Estudos Organizacionais (Ketlle Duarte Paes; Eloise Helena Livramento Dellagnelo)

AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO DE SISTEMAS DE SAÚDE E GERENCIALISMO NA GESTÃO PÚBLICA BRASILEIRA (Leonardo Carnut; Paulo Capel Narvai)

FRONTEIRAS E CONTRIBUIÇÕES DA ECONOMIA POLÍTICA PARA A ADMINISTRAÇÃO POLÍTICA (Fábio Guedes Gomes)

BASES EPISTEMOLÓGICAS DA ADMINISTRAÇÃO DO DESENVOLVIMENTO: PERCEPÇÕES E PERSPECTIVAS NO CONTEXTO BRASILEIRO. (Elinaldo Leal Santos; Reginaldo Souza Santos; Vitor Braga)

A REALIDADE BRASILEIRA E O CAMPO DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA: INTERPRETAÇÕES E CARÊNCIAS (Victor Corrêa Silva; Cláudia Souza Passador)

PROPOSTA DE UMA METODOLOGIA DE ENSINO DA GESTÃO ESTRATÉGICA: CONSTRUINDO UMA VISÃO NÃO LINEAR PELO PRISMA DA COMPLEXIDADE (Miler Franco D’anjour; Bruno Campelo Medeiros; Miguel Eduardo Moreno Anez)

LA EPISTEMOLOGIA DEL PODER EN EL MANAGEMENT CLASICO/RACIONALISTA (Edgar Varela Barrios; Ernesto Piedrahita)

PENSAMENTO ADMINISTRATIVO BRASILEIRO: APROXIMAÇÕES NECESSÁRIAS COM A HISTÓRIA E A LITERATURA (Fabiane Louise Bitencourt Pinto; Elizabeth Matos Ribeiro)

POSITIVIST EXPERIMENTS AND OPINION POLLING IN THE SOCIAL SCIENCES IN THE EUA: LIMITATIONS (AND STRENGTHS!) OF POSITIVISTIC RATIONALITY IN ITS HEARTLAND” (Michael Binder; Andrew Hopkins)

Market failure as ignored determinant of the choice between public and business administration: a preliminary statement (Gaylord George Candler; John Paul Randle)

A DIMENSÃO MORAL DAS DECISÕES ADMINISTRATIVAS E OS LIMITES DA RACIONALIDADE LIMITADA (Marcos Luís Procópio)

AS RELAÇÕES CONSTRUÍDAS PELOS EGRESSOS ENTRE AS RACIONALIDADES E A EDUCAÇÃO SUPERIOR PRIVADA EM ADMINISTRAÇÃO DO SUL DE MINAS GERAIS (Aline Lourenço de Oliveira)

FATOS, VALORES E O MUNDO-DA-VIDA: ARGUMENTOS EPISTEMOLÓGICOS PARA A AVALIAÇÃO NO ÂMBITO DA GESTÃO SOCIAL (Valderí de Castro Alcântara; Eloisa Helena de Souza Cabral; Paulo de Tarso Muzy; José Roberto Pereira)

TENSÃO ENTRE RACIONALIDADES: ESTUDO DE CASO NA ECOVILA ITAPEBA (Gabriel de Mello Vianna Siqueira; Mauricio Serva)

GESTÃO DE CONFLITOS NO COMPLEXO PENITENCIÁRIO DE SEGURANÇA MÁXIMA DE SÃO PEDRO DE ALCÂNTARA (SC) (Jacir Leonir Casagrande; Karini Regina Homem; Nei Antônio Nunes; Louise Corseuil)

PRESENTAR Y REPRESENTAR EN LA DIRECCIÓN DE LA ACCIÓN COLECTIVA: APORTES DESDE LA EPISTEMOLOGÍA APLICADA (Pablo Isla; Javier González; Andrés Willatt; Rodrigo Sion)

UMA REFLEXÃO SOBRE AS INFLUÊNCIAS DOS PARADIGMAS NAS DECISÕES ORGANIZACIONAIS DIRECIONADAS À SUSTENTABILIDADE (Andrei Giovani Maia; Luiz Carlos Zucatto)

APRENDER E ENSINAR: O DUETO DO ESTÁGIO DOCENTE (Sidinei Rocha-de-Oliveira; Gabriela DeLuca)

A CRIAÇÃO DA GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO NA UFRGS: A INFLUÊNCIA DOS ESTADOS UNIDOS E DA FGV (Amon Barros; Rafael Alcadipani; Carlos Osmar Bertero)

Diversidade Metodológica nos Estudos em Administração: liberdade ou contribuição
para a fragmentação da ciência? (Rogério Tonet; Danilo Melo; Gustavo Matarazzo)